sexta-feira, 24 de outubro de 2008

PIDDAC 2009 = Esmola para Belmonte

O programa de investimento e despesa de desenvolvimento da administração central (PIDDAC) para 2009 foi recentemente apresentado pelo governo.

Para o distrito de Castelo Branco o documento apresenta um valor a rondar os 11 milhões de euros, mas o concelho de Belmonte surge no último lugar com uma verba simbólica de apenas mil euros.

Uma situação que levou o líder do PSD de Belmonte a questionar a actuação do presidente da câmara municipal de Belmonte. Jorge Amaro não admite que "o concelho de Belmonte tenha perdido influência" no contexto regional e afirma que o presidente da câmara municipal "não fez trabalho de casa" e que perdeu influência política junto do poder central.
Jorge Amaro que "exige verdade aos autarcas e que deixem de vender ilusões".

A gestão autárquica socialista no concelho de Belmonte é "catastrófica" e reflecte-se no PIDDAC para 2009. A critica do líder do PSD de Belmonte face aos valores que constam no programa de investimento e despesa de desenvolvimento da administração central, onde o concelho de Belmonte é contemplado com uma verba simbólica de mil euros, ocupando o último lugar no ranking do distrito.

São várias as críticas que se levantaram de norte a sul do distrito, contra o programa de investimento e despesa de desenvolvimento da administração central para 2009. Mas a governadora civil desvaloriza as verbas e as obras inscritas no PIDDAC. Alzira Serrasqueiro sublinha que o mais importante é existir desenvolvimento, mesmo que não seja com obras inscritas neste programa da administração central. A governadora civil deu o exemplo de obras que nunca estiveram no PIDDAC mas que já estão construídas.

Para a governadora civil do distrito de Castelo Branco, o desenvolvimento de um distrito não tem obrigatoriamente de se basear nas obras inscritas no PIDDAC. Refere ainda, que o documento não traduz o valor real comparado com o nível de desenvolvimento que advém das obras realizadas através de outros programas.

in "Rádio Caria"

1 comentário:

Caetano disse...

Não tendo relação com o tema aqui tratado mas pelo facto de se tratar de um ponto muito peculiar da Beira Interior e também tendo relação com a história de Belmonte, quero convidá-los a passar pelo Blog do Katano (http://dokatano.blogspot.com) para conhecerem a história da aldeia "fantasma" de Colmeal.

Um abraço!