terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Comurbeiras vai gerir cerca de 40 milhões

Governo contratualizou com a Comurbeiras a gestão de 39,4 milhões de euros dos fundos estruturais do FEDER, no âmbito de uma componente do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional). Já a Serra da Estrela, que abrange os concelhos de Seia, Gouveia e Fornos de Algodres, terá direito a 13 milhões.

A transferência para associações de municípios da gestão de 25 por cento das verbas dos Programas Operacionais Regionais (POR) iniciou-se, com a assinatura de 10 contratos com 12 sub-regiões do Centro.

No caso da Comurbeiras, grande parte do montante (mais de 20 milhões) será destinado a investimentos nas principais cidades da região. A Covilhã lidera com cerca de 7,2 milhões, seguida da Guarda (6,9 milhões) e o Fundão (5,9 milhões). Surgem depois o Sabugal (3,5 milhões), Pinhel (2,2 milhões), Almeida (2,1 milhões), enquanto os restantes seis municípios que formam a comunidade intermunicipal das Beiras (Belmonte, Celorico da Beira, Figueira Castelo Rodrigo, Manteigas, Mêda e Trancoso) terão direito a 2,1 milhões cada.

Em Tomar, Nunes Correia, ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, destacou o carácter «inovador» desta componente do QREN em relação aos anteriores quadros comunitários, por permitir «descentralizar para as associações de municípios uma parte» da gestão das verbas. «Introduz-se uma lógica territorial e evita-se a promoção de equipamentos muito semelhantes quase "encostados" uns aos outros, como acontecia em quadros anteriores», aludiu.

Para o governante, desta forma «obrigam-se os municípios vizinhos a sentarem-se à mesma mesa para discutir as suas necessidades e ambições, acabando por optar, muitas vezes por equipamentos de escala sub-regional».

in "O Interior"

1 comentário:

Rotiv disse...

Feliz Ano Novo
Um GRANDE SORRISO :)
http://bloteigas.blogspot.com/